A gama de produtos decorativos Innovus MFC, da Sonae Arauco, venceu o Green Product Award 2022, na categoria Interior & Estilo de Vida.Este é um dos prémios internacionais mais reconhecidos na área do design sustentável, e que distingue, anualmente, produtos e serviços inovadores que já se estabeleceram no mercado.

Innovus MFC é um painel decorativo em aglomerado de partículas de madeira, revestido com uma superfície melamínica para aplicações interiores.

O produto destaca-se pelas suas propriedades antibacterianas e resistência a manchas e riscos. A gama contempla ainda soluções com características adicionais de desempenho, tais como resistência melhorada ao fogo (FR) ou resistência adicional à humidade (MR).

Com a incorporação de madeira reciclada e a superfície de alta tecnologia, Innovus MFC conjuga componentes estéticas, performance técnica e sustentabilidade ambiental. A versatilidade dos décors, a combinação harmoniosa entre o visual, e a experiência táctil fazem desta gama uma escolha intemporal para cada projeto.

Segundo Nils Bader, fundador do Green Product Award e diretor do Green Future Club: “O vencedor Innovus MFC prova que a sustentabilidade, o design e a inovação podem combinar na perfeição com um estilo de vida e um futuro mais ecológicos.”

João Berger, Chief Marketing & Sales Officer da Sonae Arauco, afirma: “É com orgulho e com o sentimento de trabalho bem feito que recebemos este Green Product Award, um reconhecimento importante do mercado sobre a forma como a nossa principal coleção endereça o desafio das alterações climáticas.” E acrescenta: “No futuro, esta é a tendência que vai afetar mais o negócio e, no caso da Sonae Arauco, estamos bem posicionados. Entregamos ao mercado soluções à base de madeira, que retêm dióxido de carbono, e fazemo-lo através de uma coleção de excelência.”

Valorização da madeira como matéria-prima natural, reutilizável e reciclável

A economia circular é um dos pilares do modelo de negócio da Sonae Arauco. A madeira utilizada nos produtos provém de fontes sustentáveis, certificadas ou controladas, sendo continuamente incorporada no processo industrial, e tem uma notável capacidade de armazenar CO2. Em 2021, com os produtos que colocou no mercado, a empresa foi responsável pela retenção de cerca de 3,5 milhões de toneladas de CO2. Recentemente, a Sonae Arauco subscreveu o primeiro financiamento ligado ao seu desempenho de sustentabilidade e compromete-se, até 2026, a aumentar em 19% o volume de madeira reciclada incorporada nos seus produtos e estabelece ainda como meta a diminuição dos acidentes de trabalho com baixa médica.